FATO CONSUMADO

De caráter experimental, a série “Fato Consumado” parte de conceitos já discutidos nas pesquisas de Elton Hipolito, abordando o espaço urbano, ruína e memória presentes no cotidiano. O título vem da teoria aplicada em processos judiciais de empreendimentos de impacto. A intensificação da especulação imobiliária, impulsionada pela desordem no crescimento urbano das grandes cidades, tem levado a implantação de empreendimentos que causam profundas alterações tanto no ambiente natural como no construído, além dos impactos sociais e do favorecimento à gentrificação.

As obras apresentadas se estruturam em fragmentos coletados por ele em áreas de demolição, encontrados nos trajetos pela cidade de São Paulo, sobre tapume e douramento, trazendo contrapontos entre a falsa sensação de progresso, com a memória afetiva e a especulação.

Elton Hipolito, 2021